Seguir por e-mail

terça-feira, 19 de abril de 2011

Feliz dia do índio


Olá crianças,

Hoje é dia do índio, e lembro que quando era criança nós nos fantasiávamos de índio (não usávamos tanga, apenas colocávamos cocar), aprendíamos sobre a cultura e como eles foram importantes para nossa história.
Em suma, aprendíamos a admirar e respeitar aqueles que são, na verdade, os donos de nosso país. Acontece que parece que um dia é muito pouco para um povo que é tão importante. Quando chega o dia 19 de abril, automaticamente me lembro do famoso índio Galdino, que um dia depois do dia do índio (o seu dia), em 1997 foi queimado vivo em um ponto de ônibus de brasília por jovens (Tomás Oliveira de Almeida, Max Rogério Alves, Eron Chaves Oliveira e Antônio Novely Cardoso Vilanova) que em sua defesa alegaram tê-lo confundido com um mendigo (se fosse um mendigo então tudo bem....). Praticamente nada aconteceu a esses jovens, pelo simples fato de terem dinheiro e hoje eles são doutores respeitados onde residem.
Pouquíssimas pessoas se lembram desse fato, pelo simples fato de os indios terem apenas um dia para serem lembrados, o que aconteceu com esses jovens não foi um fato isolado, hoje o governo federal tenta queimar algumas centenas de Galdinos, pois sem as devidas análises prévias, tenta construir uma usina hidrelétrica em Belo Monte no rio Xingu de onde, muitos desses Galdinos tiram seu sustento. A idéia é de que continuará havendo água para esses índios, porém todos nós sabemos que na primeira seca (o que não é incomum naquela região) as comportas serão fechadas e a comunidade indígena ficara jogada a sorte. É sempre a mesma história de sacrificar alguns pelo benefício de muitos... Os muitos não sabemos quem são, mas os sacrificados certamente serão os índios de Belo Monte.
Feliz dia do índio!!!

...Quem me dera ao menos uma vez que o mais simples fosse visto como o mais importante, mas nos deram espelhos e vimos um mundo doente... (Indios, Legião Urbana)

BeijUnda e até a próxima.

Um comentário: