Seguir por e-mail

sábado, 28 de maio de 2011

Avante Templários!!!

Olá Crianças,

A minha matéria preferida na escola era história e o que mais me fascinava eram as cruzadas. Sempre gostei de estudar sobre guerras, mas as cruzadas, as chamadas “guerras santas”, eram interessantes por que os cruzados ou templários tinham como objetivo principal pregar o amor de Jesus para aqueles que não tinham conhecimento sobre este amor maior, só que se os mulçumanos não aceitassem este amor os templários “desciam a lenha” em cima deles e não sobrava nenhum seguidor de Maomé para contar história.
Desde que me entendo por gente sou cristão protestante e quem me pergunta se sou a favor do casamento gay, minha resposta vai ser sempre a mesma: SIM!
Aí vocês me perguntam, como assim? Você é crente e é a favor do casamento gay?
Sou sim, eu acho que eles tem o mesmo direito dos heterossexuais de cometerem burradas na vida.
Agora você me pergunta se sou a favor da apostila anti-homofobia criada pelo MEC (sempre ele)? Respondo com um categórico: NÃO!
Se me perguntar se sou contra os pregadores que falam sobre sexualidade ou homossexualidade em igrejas, vou responder novamente : NÃO!
Eu sei, eu sei, agora você não entendeu mais nada, pois vou explicar.
Primeiramente, imagino que se você freqüenta determinada igreja é porque você se identifica com ela e, por sua vez, aceitou seguir suas normas ou regras (não adianta, todas tem). Se você não concorda com o que prega a igreja, basta se desligar e encontrar outra em que você se sinta melhor.
Não vou entrar no mérito de qual igreja é ou não melhor (se é que existe uma melhor ou pior), o problema das igrejas é que estão agindo exatamente como os templários agiam, pregam o amor de Deus, mas quem não aceita eles “descem a lenha”. Não são tolerantes com quem não concorda com seu ponto de vista e duvido que Jesus agiria dessa forma, porém um problema que estou verificando é que o movimento gay, que costumava pregar sobre o amor sem barreiras, está agindo exatamente da mesma forma, concordo que deva haver respeito, concordo que as pessoas que praticam homofobia devem ser punidas pela lei (sou da opinião de que a liberdade de um indivíduo acaba onde começa o direito do outro), mas não podemos simplesmente acabar com um direito básico de nosso país que é a liberdade de expressão, eu não quero ficar me policiando com tudo o que vou dizer pelo medo de ser multado ou até mesmo preso; independente de certo ou errado, não podemos permitir uma nova ditadura independente do tipo de ditadura, sexualidade ou homossexualidade não é algo que deve ser ensinado em escolas, NO MEU PONTO DE VISTA isso é algo que cada um deve descobrir sozinho.
O problema é que não se trata mais de legalizar ou não a homossexualidade, se será ou não crime a homofobia, agora se trata de quem sairá vencedor nessa batalha. Lembro que quando era garoto, eu gostava muito de provocar meu irmão e quando minha mãe chegava, não importava se eu estava ou não com a razão, eu queria sempre sair como o certo e é exatamente isso que está acontecendo, dois grupinhos fazendo picuinhas ao invés de tratar o caso com aquilo que é (ou deveria ser) o alvo maior dos dois grupos: o amor.
Só posso dizer uma coisa com relação a isso... vamos crescer galera!!!

BeijUnda e até a próxima.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Num me currege que eu falo como eu querer...


Olá crianças,
Quem acompanhou as notícias da última semana viu que nada de muito diferente aconteceu, tivemos o Ministro Palocci envolvido em polêmicas e correndo o risco de perder o mandato (isso tá com uma cara de Déjà vu), pelo simples fato de ter multiplicado sua fortuna por 20 (ele deveria assumir o FMI, com certeza resolveria todos os problemas da economia mundial); tivemos o caso do taradão do FMI que tentou dar “uns pega” na camareira do hotel e acabou em cana; tivemos o exterminador do futuro revelando que mandou bala na empregada (que dizem por aí que era uma verdadeira baranga); teve marcha para Jesus, marcha da maconha (já imaginei o carro da maconha gritando: Maconha de Piracicaba); anuncio do fim do mundo (agora a festa foi transferida para outubro);  e é claro que não podemos esquecer do presidente da CBF, Ricardo Teixeira sendo acusado pela federação inglesa (e o infeliz não negou) de cobrar suborno para votar na Inglaterra para ser sede da copa em 2018.
Mas algo que me chamou atenção nas últimas semanas foi a cartilha do MEC, em janeiro ocorreu algo parecido onde, em uma cartilha distribuída para a prefeitura de São Bernardo do Campo em São Paulo, aparecia a Antártida no pólo norte;  porém a apostila que foi divulgada nos últimos dias comete erros que eu considero uma das piores aberrações já apresentadas. É nada mais do que um atestado à falta de importância da educação brasileira.
Eu sempre considerei a educação o ponto principal a ser tratado pelo governo, pois, NO MEU PONTO DE VISTA, resolvendo o problema da educação, grande parte dos problemas existentes no país, aos poucos vão se resolvendo automaticamente. Por exemplo, hoje existem muitos desempregados, mas por outro lado, várias vagas a serem preenchidas, cujo empregadores não encontram mão de obra qualificada; poderíamos encontrar exemplo semelhante na área de saneamento básico, ou será que, com um pouco mais de conhecimento dos problemas resultantes da poluição, a população não seria um pouco mais cuidadosa?
A questão é que, eleitores com conhecimentos, na grande maioria, são eleitores que cobram, são eleitores que sabem o que querem e que não votam em qualquer um. Agora me diz, qual a vantagem dos atuais governantes em ter uma população instruída? Eu digo a vocês, NENHUMA!!!
Acreditamos que o coronelismo acabou, mas ele só mudou de forma, a venda de favores em troca de votos sempre aconteceu e enquanto não tivermos um eleitorado instruído sempre acontecerá! O governo segue na cultura do pão e circo, só que nesse circo os palhaços somos nós.
Passamos oito anos vendo o presidente anunciar com orgulho o fato de não ter estudado e ter chegado aonde chegou, agora como dizer para minhas filhas que elas devem estudar sendo que eu estudei e continuo como um assalariado enquanto o Lula não estudou e ganha 100.000 por palestra e o Tiririca (eu nem sei se isso deve ser escrito com letra maiúscula) está ganhando uma graninha fácil na comissão de educação e cultura.
Enquanto isso Fernando Haddad, ministro da educação defende a cartilha e diz que “Quem escreve certo é Deus e, mesmo assim, por linhas tortas”.
Não quero nem imaginar o futuro de nosso país...
BeijUnda e até a próxima.

domingo, 15 de maio de 2011

Meu Brasil Brasileiro


Olá Crianças,

Não sei quantos já ouviram falar de onde veio o “Ordem e Progresso” que está estampado em nossa bandeira, mas basicamente é uma forma reduzida do texto de Augusto Comte "O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim" (em francês L'amour pour principe et l'ordre pour base; le progrès pour but.) que eram os ideais republicanos por um país melhor (fonte wikipedia). Em nossa bandeira foi retirada a palavra Amor do ideal, sobrando apenas Ordem e Progresso, e parece que esse Amor (ou orgulho) pela nossa pátria acabou sendo retirado de nossas vidas também.
Em uma semana em que nada de muito escandaloso aconteceu, e que o blogspot ficou fora do ar por um tempo (penei para conseguir entrar novamente), resolvi comentar sobre o filme que vi há algum tempo.
Assisti Rio com minhas filhotas, confesso que achei um filme muito bem feito e bem detalhado, talvez eu seja um pouco chato no que vou comentar (até por que foi um sucesso de crítica no Brasil e todo mundo que viu disse que gostou), mas que temos favelas, tráfico de aves, roubos, carnaval todos nós sabemos (a propósito, a cena na Sapucaí foi ótima), o mundo inteiro sabe. A pouco tempo Stallone esteve por aqui para gravar “Mercenários” (desse filme eu até gostei), e quando se encerraram as gravações ele elogiou nosso país (http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2010/07/stallone-faz-comentario-politicamente-incorreto-sobre-filmar-no-brasil.html) dizendo que era um país maravilhoso, pois você poderia explodir o país inteiro e ainda lhe agradeceriam e dariam um macaco para levar para casa.
Aí depois sai o filme Rio, onde imaginava que haveria um foco diferente e a história é exatamente a mesma (macacos assaltantes??? Façam-me o favor...), diga-se de passagem, a cena em que Blu engasga é desnecessária em um filme voltado para o público infantil.
Agora temos em cartaz o filme Velozes e Furiosos que também foi gravado no Rio, não tive ainda a oportunidade de assistir, mas posso apostar que a visão que é passada de nosso país é exatamente a mesma.
Se pararmos para pensar, o filme nacional que mais teve indicações para o Oscar foi “Cidade de Deus”, que como sabemos, história não é exatamente um conto de fadas, mostrando o lado bonito do Brasil.
Às vezes me pergunto o porque dessa visão que o mundo tem sobre o Brasil, conversei com alguns amigos de outros países e tudo o que sabem sobre nosso país é Futebol, Carnaval e Favela. Será que realmente nosso país é só isso? Provavelmente estou no país errado então, pois não vivo em favela, não sei sambar e sou um prego jogando futebol.
Acho que faltou um maior destaque para Bellucci, o brasileiro que teve destaque no Masters 1000 (campeonato internacional de tênis) este ano, ele foi tido um dos melhores do mundo (já está entre os 30 melhores), alguns já o consideram o sucessor de Guga. No meu ponto de vista, ainda falam pouco de Cesar Cielo (acho que esse dispensa apresentações) ou do nosso Judô que é tão vitorioso.
Não vemos darem tanto destaque às nossas praias (que são maravilhosas), como dão destaques às nossas favelas, pouco falam de nosso pólo gastronômico, um restaurante de São Paulo foi eleito entre os 10 melhores do mundo (http://vejasp.abril.com.br/noticias/d-o-m-setimo-melhor-restaurante-do-mundo) e pouco se falou sobre isso.
Existem dois desenhos animados que minhas filhas adoram e são sucessos no mundo inteiro, “Princesas do Mar” (http://www.tvcultura.com.br/princesa-do-mar/)  e “Peixonauta” (http://www.saiunojornal.com.br/peixonauta-desenho-animado-brasileiro-e-sensacao-no-discovery-kids-video-foto-filme.html) . A primeira vez em que assisti as Princesas do Mar, estava em Portugal e achei que fosse uma produção americana.
O problema não está nos Estados Unidos ou no resto do mundo, está em nós mesmos. Temos um espírito muito vira-lata, um espírito de que só o que é bom é o que é de fora.
O mundo acha que o Brasil é assim, por que nós divulgamos um Brasil assim e enquanto não tivermos um pouco de amor e respeito próprio esse será o Brasil que o mundo conhecerá.
Espero de coração que o brasileiro deixe um pouco de ser “coitadinho”, afinal somos um país emergente e, querendo ou não, estamos entre as economias mais importantes do mundo!
Pra cima deles Brasil!!!

BeijUnda e até a próxima!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

de volta às aulas

Olá Crianças,

Quando estamos na escola existem várias tribos que são fáceis de ser identificadas. Existem os valentões, que são aqueles sujeitos que, por terem sido geneticamente premiados, abusam dos menos privilegiados (normalmente nerds), colam chicletes em seus cabelos, rasgam os cadernos, e puxam a cueca até que os pobres coitados tenham uma espécie de vasectomia forçada. Existem os populares, que são aqueles caras que, você não entende bem porque, mas todo mundo gosta e todo mundo está perto deles. Existem os Nerds ou CDF´s (já citados anteriormente) que, normalmente, não são tão sociáveis mas, quando é a época de provas bimestrais, todo mundo quer ser amigo. E existem os figurantes, estes são aqueles sujeitos que não se enquadram em nenhuma dessas tribos, é um cara que não faz a mínima diferença se aparece ou não na escola, provavelmente ninguém vai notar, esses normalmente sentam-se no meio da sala e nem a professora sabe seu nome, provavelmente, se você parar para pensar no pessoal que estudou com você no colegial (hoje chamado de ensino médio), lembrará de algumas pessoas, provavelmente essas pessoas que você lembrou, fazia parte de algum dos grupos que citei, você dificilmente se lembrará de um desses figurantes, quem assistia Chaves, vai entender o que eu estou falando (lembre-se que na classe do professor Girafales, existiam vários alunos, porém apenas o Chaves, Quico, Nhonho, Chiquinha, Popis, Godinez e as vezes a Patti falavam, os outros apenas conversavam e ficavam calados quando o Chaves ia dizer alguma bobagem sobre o professor).
Estou me lembrando disso, por que nos últimos oito anos, a política brasileira tem se comportado exatamente dessa forma, alguns valentões, liderados por coronéis e afins que ninguém tem coragem de enfrentar que, mesmo não estando em evidência total, figuram o senado e a câmara dos deputados; tem aqueles populares que estão sempre na crista da onda, sempre pegando os melhores cargos e posições, mesmo quando não tem idéia do que fazer quando os assumem; os CDF´s pobres coitados, que tem idéias boas, algumas caras que aparentam ser confiáveis, mas ninguém dá muita trela e só se aproximam deles perto das eleições; e tem os figurantes.
A questão é que, quem tomou para si o papel de figurante nesse grande colégio eleitoral, foi justamente quem não podia, que foi a oposição. Passamos todo esse tempo assistindo escândalos, mensalões, baixarias e coisas do tipo e a oposição pareceu apática, praticamente morta. Lembro que quando a situação era oposição, eles não davam paz, gritavam, protestavam, faziam greves... estavam errados? É claro que não, é para isso que uma oposição existe, para mostrar o que está errado e o que deve ser melhorado, e temos que concordar, não existe oposição melhor que o PT, eles realmente sabem ser oposição, até quando estavam no poder eles fizeram oposição (tanto que em uma dessas surgiu o PSOL). Porém há muito tempo não vemos nenhuma demonstração de existência de uma oposição, tudo o que encontramos são algumas manifestações aleatórias, desorganizadas de alguns poucos descontentes. Não é para menos que a aprovação do governo Lula tenha sido tão positiva, não tinha ninguém para reclamar.
O partido que deveria fazer este papel, o PSDB, simplesmente deixou o barco correr, não quis dar a cara para bater, acredito que no primeiro mandato estavam esperando que o Lula fizesse alguma bobagem e, dessa forma, ele cavasse sua própria cova, ele fez, porém estava muito bem assessorado e tudo foi para debaixo do tapete. Já no segundo mandato, tentaram esboçar alguma coisa, mas novamente morreram antes de fazer alguma coisa e estamos aí no terceiro mandato de um governo aparentemente perfeito, fico pensando se eu que sou o chato e só vejo problemas, mas não consigo me conformar que apenas eu não goste desse governo.
A verdade é que o PSDB foi incompetente como oposição e a prova disso está em evidencia nos noticiários que, desde o mês passado, vem informando um racha no partido que ameaça inclusive sua existência. O que é noticiado é que alguns poucos estavam tentando centralizar o poder, outros dizem que é por causa da criação do novo partido, outros dizem que é por causa de diferenças ideológicas; essa semana o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que o racha é resultado de uma ação para dizimar a oposição (http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,alckmin-ve-acao-para-dizimar-a-oposicao,716459,0.htm) , independente de qual seja o motivo do racha, a culpa toda é da incompetência do PSDB, seja administrativa ou ideológica, e se realmente for uma ação para dizimar a oposição, parabéns ao governo, pois se mostraram mais competentes e conseguiram chegar ao seu objetivo, por pior que ele seja.

BeijUnda e até a próxima.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mais fácil do que tirar doce de criança...

Olá Crianças,

O meu primeiro post nesse blog foi sobre a educação (http://nadasobremuito.blogspot.com/2011/03/ingreis-eu-nao-cei-mas-em-portugueis.html) e minha revolta com a baixa qualidade e pouco investimento nessa área.
Ontem, assistindo o Fantástico vi uma reportagem que me deixou mais revoltado ainda com a situação da educação, a reportagem falava sobre a situação da merenda escolar, mostrava escolas, na grande maioria, em cidades afastadas das capitais, onde as crianças praticamente não tinham comida nenhuma ou tinham comida de baixíssima qualidade.
Escolas onde a comida estava totalmente estragada, escolas onde o cardápio era digno de um restaurante, porém a realidade não era digna nem de abrigos (eu já servi, em trabalhos comunitários, comidas bem melhores do que as mostradas na reportagem e com um custo infinitamente inferior) e no que eu considero a pior das situações, as crianças eram dispensadas mais cedo por não terem o que comer na escola. Essa situação me deixou extremamente comovido, revoltado e de certa forma enojado com a política brasileira, não que antes eu tivesse algum tipo de admiração, mas achei o cúmulo, não consigo encontrar palavras para descrever quem tira vantagens de crianças, quem tira o alimento de crianças para enriquecer, algumas crianças andam kilômetros até a escola, em alguns casos, para simplesmente terem algo para comer e alguns MALDITOS, tiram a única chance dessas crianças de se alimentarem durante o dia.
Sabia dos casos de Alagoas e Manaus que estão em maior destaque ultimamente (http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,pf-investiga-suposto-desvio-de-verba-federal-no-am,706369,0.htm ,
mas como não tinha muito conhecimento dos casos para divulgar, resolvi fazer uma busca no google sobre notícias para poder comentar e fiquei impressionado com a quantidade de casos que foram trazidos. Experimentem fazer essa busca e tenho certeza que também se impressionarão.
No desenho “Os Simpsons”, o episódio "Mayored to the Mob", mostra uma companhia que era responsável pela merenda escolar enviando leite de ratos para alimentar as crianças (tinha até uma ordenha eletrônica para tirar o leite das ratinhas), o que está acontecendo no Brasil hoje é exatamente a mesma coisa e enquanto eles fazem isso nós aplaudimos! Isso mesmo, estamos aplaudindo esses senhores, aplaudimos nos momento em que votamos nesses sujeitos, quem perdeu um tempinho para ver as notícias de hoje, reparou que as dívidas dos partidos serão perdoadas (http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,manobra-liquida-dividas-de-partidos-com-verba-publica,716580,0.htm), ou melhor, criaram um artifício para que fossem pagas com o dinheiro público (isso mesmo, aquele dinheiro que era pra merenda das crianças), e no mesmo jornal vi a notícia de que o nosso amigo Delúbio (que no último post eu anunciei que estava voltando), vai receber um churrasco de seus amigos (http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,churrasco-e-shows-para-a-volta-de-delubio,715967,0.htm) para celebrar o seu retorno (advinha quem está pagando o churrasco....), só posso lamentar tudo isso, e recomendar a, quem tiver oportunidade, aparecer no churrasco, afinal quem está pagando é você!!!

BeijUnda e até a próxima!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Obama 1 x 0 Osama


Olá Crianças,

Essa semana, a notícia que foi destaque no mundo inteiro foi a morte de Obama Bin Laden, opa, Osama Bin Laden... quem morreu foi o Osama e não o Obama, Obama é o cara que matou, ou melhor, mandou matar. Essa pequena Gafe de confundir o Osama (morto) com o Obama (vivo), foi cometida diversas vezes essa semana (http://odia.terra.com.br/portal/mundo/html/2011/5/tv_americana_comete_gafe_ao_confundir_osama_com_obama_161657.html) , sendo uma pelo Porta voz da chanceler alemã, uma pela Fox News e outra pela Record News (estes são os casos que eu soube), mas não podemos incriminar ninguém, afinal os programas são ao vivo e os nomes são parecidos e o próprio Obama (ou foi o Osama?), dias atrás apresentou seus documentos (http://www.correiodemocratico.com.br/2011/04/obama-divulga-certidao-para-provar-que-nasceu-nos-eua/) para provar que era realmente americano (se fosse no Brasil, a turminha do “politicamente correto” já iria dizer que era alguma ação racista ou algo do tipo “só porque o presidente é negro”). A notícia não só serviu para ofuscar o casamento do príncipe Willian, a beatificação de João Paulo II (esperaram tanto para pegar o homem, podiam pelo menos ter esperado um pouco mais para não estragar a festa do Vaticano) e a pneumonia da Dilma; ou para criar um festival de gafes como a do vereador de Goiás Valmir Jacinto que pediu um minuto de silêncio pela morte de Bin Laden (http://www.clickpb.com.br/artigo.php?id=20110504021202&cat=brasil&keys=vereador-pede-minuto-silencio-bin-laden-fala-malentendido).
Para alguns serviu para criar uma série de dúvidas, como por exemplo: onde está o Corpo? Se ele estava desarmado (conforme foi informado pelo próprio governo americano), por que não o prenderam? Onde estão as provas da morte do homem? E a principal, afinal de contas o que estavam fazendo no Afeganistão se o Inimigo estava no Paquistão? É claro que não podemos levar muito em consideração o conhecimento de geografia dos americanos, pois até hoje ainda acreditam que a capital do Brasil é Buenos Aires e quando as torres gêmeas foram atingidas (Pelo Bin Laden) , eles atacaram o Iraque (do Saddan).
O ponto mais importante dessa morte, não é o fim do terrorismo (que eu acredito que vai aumentar como forma de represália), ou o sentimento de justiça do povo americano, mas sim o aumento da popularidade de Obama (a popularidade do Osama já era), que no dia seguinte após o anúncio subiu 11% (Se ele mata um terrorista por semana, em 3 meses ele tem a aprovação que o Lula tinha).
A única conclusão que consegui chegar com tudo isso é de que, não importa o país, não importa a escolaridade, não importa o governante, como George Orwel tentou mostrar em vários de seus livros, o povo é facilmente manipulado, conforme disse Juvenal em a comédia, tudo o que é preciso para conquistar o povo é Pão e circo (isso mesmo, não foi Maquiavel quem disse isso).
De qualquer forma, no fim das contas o que importa é que (como disse a BBC) “OBAMA IS DEAD”.

BeiJunda e até a próxima.