Seguir por e-mail

segunda-feira, 9 de março de 2015

Juca, não me faça rir...



Olá crianças e crianços.

Sei que não tenho a quantidade de leitores que Juca Kfouri (tenho no máximo 12 leitores, o que não inclui sequer minha esposa), não sou formado em ciências sociais pela USP e não tenho o conhecimento necessário para entender a sociedade ou a política nacional, mas não me senti confortável em ser tratado como "burguesia branca".
A melhor definição que já ouvi para diferenciar conhecimento de sabedoria foi a seguinte: "conhecimento é ter a ciência de que o tomate é uma fruta, sabedoria é não colocá-lo na salada de frutas."
Imagino que meu amigo Juca, acho que posso chamá-lo de amigo, afinal me chamou de burguês branco, tenha bastante conhecimento, mas não sei se foi muito sábio em suas colocações. Concordo que chamar a Presidenta de vaca seja bastante baixo e desnecessário, mesmo ela tendo nos tratado como burros durante esses anos, concordo também que sempre se roubou, mas antes não eram divulgados em redes sociais, mas daí minimizar a importância de manifestações públicas ou insinuar que por que sempre fomos roubados não podemos nos manifestar é um tanto inocente e até leviano.
Li alguns artigos dizendo sobre o quão improvável seria um impeachment, o próprio FHC diz ser contra a saída da Dilma, mas a manifestação deve acontecer, é a nossa forma de mostrar ao governo que não estamos satisfeitos, que não estamos alheios ao que acontece ao país. Acho que deveria haver também um "panelaço" em frente ao Palácio dos Bandeirantes, para que o nosso Governador carinhosamente apelidado de Picolé de chuchu (por ser tão sem tempêro) também saiba o quão insatisfeitos estamos pela situação em que chegamos, seja pela falta de água ou segurança pública precária.
Penso assim não por ser anarquista e não gostar de nenhuma forma de poder, ou simplesmente por ser chato (sim, eu sei que sou), mas porque acredito que uma mesma pessoa ou um mesmo partido não deve ficar no poder por muito tempo, históricamente isso é prejudicial ao povo.
Colocar o PSDB no governo federal ou o PT no governo estadual não resolveria os problemas ou diminuria a corrupção, mas serviria como um "sacode", uma forma dos partidos perceberem que não são unânimes e que se não trabalharem bem podem sair, sem contar que mudanças desse tipo sempre são benéficas tanto para a situação quanto para a oposição, tira o país da estagnação.
Ouvir um partidário "cego" do PT dizer que o partido governa para os pobres é como um soco no estômago, provavelmente essa pessoa não vai ao supermercado a muito tempo e provavelmente sua empregada vê os efeitos de uma inflação que nos faz ter saudades dos tempos de José Sarney, ou não está preocupado com seu emprego, pois tem sua própria empresa e não terá que procurar os escassos empregos em breve, na pior das situações demitirá algum pobre que é tão protegido por esse governo.
Juca, na boa, quem é o burguês branco? um funcionário da Petrobrás ou de alguma montadora que está desesperado para manter seu emprego ou um dos 47 políticos listados na lava-jato?
Não tenho sua eloquência, não tinha idéia do que era udenismo e sempre que preciso escrever impeachment procuro no google, mas enxergo bem a situação do meu país e se você não enxerga é melhor deixar um pouco do seu conhecimento de lado e procurar um pouco mais de sabedoria.

Um grande abraço e aproveite meus 12 leitores que acessarão sua coluna por intermédio desse humilde blog. 


até a próxima.

5 comentários:

  1. 13 leitores. (putz, justo este número, hehe)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe Murilo, acho que passamos dos 13 rsrsrs
      Obrigado pela visita, vamos alcançar o Juca kkkk

      Excluir
  2. A única coisa que presta no Juca é o time que torce!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo anônimo, apesar de não gostar do time dele também, agradeço seu comentário... volte sempre!
      rsrsrs

      Excluir
  3. JJ, não que seja o seu caso, mas nem ouço, nem leio algo de alguém que acha que tirar o PT e colocar o PSDB vai melhorar o país. As siglas partidárias não fazem diferença nenhuma. São todos farinhas do mesmo sacos. Beneficiam alguns e ferram outros. A diferença, é que o PT pegou a época das redes sociais e o PSDB não pegou. Se tivesse sido o contrário, governo do PT de 95-2002 e do PSDB de 2003 até hoje, o barulho seria o mesmo, pois as redes socias são o porque desse barulho todo nos dias de hoje.
    O PSDB foi tão corrupto quanto o PT no seu governo. Quando eles viram que não teriam um candidato forte o suficiente para ganhar do Lula em 1998, eles correram para fazer seu mensalão para conseguir a aprovação relâmpago da reeleição. Depois teve mais um monte de coisas que, por ter sido na época pré-RS, não reverberou como hoje acontece.
    Fico triste com o estado em que nos encontramos atualmente, e feliz ao mesmo tempo. Triste por ver que qualquer coisa hoje em dia é motivo de briga, e sempre pelos motivos errados. E feliz, porque ao ver o declínio moral do ser humano, passo a acreditar mais na Bíblia, que disse que aconteceria isso, ao contrário da teoria da evolução, que diz que estamos sempre evoluindo.

    PS. Manda no meu email seu telefone (whatsapp), pois preciso conversar com vc. (hcbraz@gmail.com)

    ResponderExcluir