Seguir por e-mail

sábado, 30 de abril de 2011

O Fim do mundo vem aí!!!

Olá Crianças,

O ano mal acabou e já estamos praticamente na metade, o mês de maio começa amanhã e por este motivo, comecei a lembrar que em breve estaremos em 2012, o último ano do calendário Maia, ano místico que carrega várias teorias sobre o fim do mundo.
Lembro que, quando estávamos próximos da virada de 1999 para 2000, também houve uma grande expectativa para o fim do mundo (nunca entendi o porque a expectativa para o fim do mundo), além da expectativa para o fim do mundo, havia uma expectativa para o bug do milênio. Muita gente se preparou para ambos os eventos (eu inclusive trabalhei um bocado por causa do Bug do Milênio) e no final das contas nada aconteceu (talvez os problemas relacionados à Informática provavelmente não ocorreram por essa preparação).
Depois do mundo não ter acabado, previram outros finais (alguns bem drásticos) e a última previsão é para o ano que vem, é claro que todos estão meio céticos quanto a isso (eu sou um desses), porém estes últimos meses aconteceram algumas coisas que podem ser sinais de que os maias realmente estavam corretos.
O primeiro “acontecimento” ocorreu em fevereiro quando, Francisco Everaldo Silva, o Tirirca, após penar para provar que sabia ler e escrever foi escolhido para fazer parte da comissão de Educação Cultura (http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/tiririca-vai-integrar-comissao-de-educacao-e-cultura-na-camara-dos-deputados), é isso mesmo, COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA!!! Me assustei um pouco mas achei que poderia ser um equívoco, ou apenas uma piada, afinal Tiririca é um palhaço. Mas essa semana outra bomba tomou conta de parte dos noticiários, mas acabou abafada pelo casamento do Principe Willian e da (agora princesa) Kate; essa bomba teve como protagonista, ninguém menos que Renan Calheiros (Falem a verdade, vocês estavam com saudades dele) que foi escolhido para fazer parte do conselho de ética, isso aí, CONSELHO DE ÉTICA (http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/04/26/senado-elege-renan-calheiros-para-conselho-de-etica-do-senado-924328717.asp)!!! e como diriam as organizações tabajara, “e não é só isso!!” ele foi eleito presidente do conselho. PAREM O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!
Depois de ter seu nome envolvido com casos de uso de “Laranjas” para emissão de notas fiscais frias, trafico de influências para a compra de uma fábrica de refrigerantes, desvio de dinheiro público e espionagem (um currículo de dar inveja a Al Capone), foi liberado pela invalidação da lei da ficha limpa (http://nadasobremuito.blogspot.com/2011/03/respeitavel-publico.html) e agora, aí está, o novo presidente do conselho de ética. Pelo menos uma coisa temos de admitir, de ilegalidade esse aí entende bem, vai ser difícil mentir para ele.

aaahhhhh... lembram do Delubio?? ele está voltando também!!!
Acho que em momentos como esses, alguns de nós começa a torcer para que o mundo acabe mesmo em 2012.

BeijUnda e até a próxima!

terça-feira, 26 de abril de 2011

AI18

Olá Crianças,

Um fato que tomou espaço em alguns noticiários foi a atitude tomada pelo nosso grande amigo, o Senador Roberto Requeijão, digo Requião,  para com um repórter após ter sido perguntado se, caso o estado do Paraná precisasse entrar em contenção de gastos, ele abriria mão de sua aposentadoria; após ameaçar bater no repórter, tomou seu gravador e como se não bastasse, o gênio ainda anunciou orgulhosamente seu feito no twitter.
Só para entendimento, o Senador Roberto Requeijão, que foi governador do estado do Paraná (e todos os outros ex-governadores do estado) tem direito a uma aposentadoria vitalícia de aproximadamente 24 mil reais mensais (http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?tl=1&id=1117511&tit=Aposentadoria-para-ex-governador-continua-a-valer-no-PR) isso está sendo extremamente questionado no estado, devido ao rombo que está formando no orçamento, porém o fato do governador estar mamando na teta do estado é história para outro post, o que está em questão agora é a atitude do sujeito. Por causa de uma denúncia feita à família do Presidente do Senado, José Sarney (sempre ele), o Jornal O Estado de São Paulo está sob censura desde 2009 (veja a matéria http://www.estadao.com.br/pages/especiais/sobcensura/), todos devem lembrar o auê que foi criado no segundo mandato do velho molusco pela idéia genial de se criar um comitê para controle da imprensa, ouvimos histórias constantes de jornalistas e colunistas que sofrem processos por tentar expor a verdade sobre aqueles que se dizem representantes do povo.
Todos dizem ser contra a censura e abominam os atos institucionais (http://pt.wikipedia.org/wiki/Atos_Institucionais) impostos no período da ditadura militar (período esse em que vários desses “representantes do povo” aproveitaram para mamar na teta dos militares – o Sarneyzinho era um desses), porém de maneira indireta e camuflada estão aplicando uma espécie de “censura leve”, onde a imprensa é autorizada apenas a divulgar o que convém, talvez seria o caso de declarar como único noticiário oficial e válido para o país o informativo “A voz do Brasil” (que eu conheço como “Falando Sozinho”).
Pelo jeito, é bom tomar cuidado com o que fala, pois podemos acabar presos ou exilados.

BeijUnda e até a próxima!

domingo, 24 de abril de 2011

Bem vindo ao futuro.

Olá crianças,
Ontem morreu em Tóquio Norio Ohga, conhecido como o pai do CD, na década de 80 liderou na Sony o projeto de criação de CD.
Quando eu paro pra pensar que o CD já existe há quase 30 anos, começo a lembrar que meus pais tinham (e ainda tem) discos de vinil do Roberto Carlos (é proibido fumar) e da novela “estúpido cupido” e eu ouvia isso quando criança; já adolescente ficava grudado no rádio, esperando a música que eu tanto gostava, porém não podia comprar o disco, tocar no rádio para gravar em minha fita cassete (às vezes passava horas com o dedo no botãozinho vermelho de REC, pois se perdesse o momento exato do início, tinha de esperar até o próximo dia) e ainda precisava torcer para que não houvessem propagandas ou a vinheta da rádio no meio da música, bons tempos heim... acho que não!
Com o advento do CD, esquecemos as fitas cassete, meu walkman amarelo teve de dar lugar ao diskman que paguei em 15 suaves prestações (prestações essas que duraram mais do que o próprio diskman), não muito tempo depois vieram os MP3 players, MP4, MP5 e quando estávamos quase no MP350 conhecemos o IPod e todas as bugingangas da tão famosa “maçã mordida”.  A música não foi a única a passar por este processo tão rápido de renovação, quem tem mais de 25 anos deve lembrar dos computadores 286 ou 386 que eram verdadeiras máquinas! Ou quem não ficou feliz quando a mãe comprou o primeiro forno microondas? Tudo era motivo para requentar  a comida, o que dizer então da telefonia celular? A primeira vez  que vi um telefone celular, foi de uma amiga na faculdade (bem burguesinha) e seu celular era praticamente um orelhão da TELESP (quem não lembra da TELESP, pergunte para o pai ou procure no Google) de tão grande que era. Hoje quanto menor melhor, e já podemos fazer videoconferências de qualquer lugar pelo Celular.
Já existem as chamadas casas do futuro (veja um exemplo no vídeo abaixo) que nos fazem lembrar os Jetsons (quem não assistiu esse desenho e sonhou em ter um carro voador?), vários jornais e revistas já fizeram matérias comparando o “Mundo dos Jetsons” com os dias de hoje e a única conclusão que conseguimos chegar é que o futuro é agora.
Aproveite o Futuro!!!


BeijUnda e até a próxima!

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Se Deus é brasileiro, então ele sacaneou Rondônia


Olá Crianças,

Hoje em minhas andanças pelo youtube, encontrei uma apresentação de Rafinha Bastos em que ele contava essa piada, logo após algumas declarações de que em Rondônia haviam pessoas feias; eu estive em Rondônia algumas vezes, a última vez que estive foi a trabalho, porém já fui em viagem de férias e você deve se perguntar, o que diabos fui fazer em Rondônia nas férias, tenho familiares por lá e ao dizer isso sei que passa na cabeça de todos (principalmente os que me conhecem) que o que Rafinha Bastos falou não foi uma mentira.
Enfim realmente não foi uma mentira, tem muita gente feia em Rondônia, assim como tem muita gente feia no Amazonas, tem muita gente feia no Mato Grosso, muita gente feia no Paraná (nem tanto assim) e muita gente feia em São Paulo; isso foi apenas uma piada, quem nunca fez nenhuma piada sobre outro estado? Eu lembro de uma comunidade no Orkut que dizia que o Acre não existe (você conhece alguém nascido no Acre? Alguma pessoa famosa do Acre? Já ouviu alguma notícia sobre o Acre? É por que o Acre não existe!), já ouvi dizer que a única função do Espírito Santo era separar Minas do Mar, fui para Aracaju-SE e achei uma das cidades mais bem estruturadas e bonitas que já conheci, porém entre a avenida da orla e o mar existe um grande (grande mesmo) pedaço de areia, então ouvi alguns Alagoanos dizendo que para a praia de Aracaju ser perfeita só precisam levar o mar para lá. Ou piadinhas de gaúchos, paulistas, cariocas; todo mundo já ouviu uma piada sobre seu estado e já contou uma piada sobre outro estado, então por que toda essa hipocrisia de “lutar para defender Rondônia” ? vi vários vídeos de pessoas indignadas com as piadas dele, pessoas ofendendo e coisas do tipo.
Sabe o que eu acho de tudo isso? Eu acho que o mundo anda muito “dodói”, tá todo mundo cheio de frescura com tudo, concordo que devemos respeitar as pessoas, ser politicamente corretos, porém frescura em excesso também enche o saco!
Isso está acontecendo em tudo, na TV, no dia a dia, no futebol;  aqui em Curitiba, o Coxa está prestes a se tornar campeão estadual invicto, fato que pode acontecer no próximo final de semana no estádio de seu maior rival, o Atlético Paranaense e vocês sabem o que foi pedido aos jogadores? Que se realmente eles se sagrarem campeões não comemorem para não provocar a torcida adversária. Como assim não comemorar um título?? Fico imaginando os jogadores, após a conquista do título, saindo cabisbaixos do estádio e a torcida totalmente comportada, indo para seus lares estourarem um champanhe pelo título. Isso não é futebol! Alguns dias atrás Neymar foi expulso por usar uma máscara dele mesmo no jogo, a que ponto chegamos? Logo logo, após um drible o jogador terá de se desculpar.
E na TV, lembro que os dois humoristas que mais me divertiam quando criança eram Tião Macalé, Mussum e Jorge Lafond, eles eram engraçadíssimos, Tião Macalé (imagem) era mais feio do que briga de foice e utilizava isso para fazer humor, Mussum com os seus bordões do tipo “quero morrer preto se não for verdade” ou “cacildis” me faziam chorar de rir, e Jorge Lafond? Era a união de todos os estereótipos possíveis, era negro, gay e feio, e o fato de rirem dele não o fez inferior, fez com que se tornasse na grande estrela que foi, depois da morte desses astros do humor o que nos sobrou? Um Didi totalmente apelativo e sem graça e uma “Zorra Total” cuja sua música de abertura é apenas um sinal de que chegou a hora de trocar de canal.
Vamos sim respeitar as nossas diferenças, respeitar as pessoas, mas não vamos deixar morrer algo que faz do Brasil um país único, nosso jeito alegre de ser e enxergar nossos problemas e diferenças.
Não vamos transformar o  Brasil em uma “Zorra Total”.

BeijUnda e até a próxima!

terça-feira, 19 de abril de 2011

Feliz dia do índio


Olá crianças,

Hoje é dia do índio, e lembro que quando era criança nós nos fantasiávamos de índio (não usávamos tanga, apenas colocávamos cocar), aprendíamos sobre a cultura e como eles foram importantes para nossa história.
Em suma, aprendíamos a admirar e respeitar aqueles que são, na verdade, os donos de nosso país. Acontece que parece que um dia é muito pouco para um povo que é tão importante. Quando chega o dia 19 de abril, automaticamente me lembro do famoso índio Galdino, que um dia depois do dia do índio (o seu dia), em 1997 foi queimado vivo em um ponto de ônibus de brasília por jovens (Tomás Oliveira de Almeida, Max Rogério Alves, Eron Chaves Oliveira e Antônio Novely Cardoso Vilanova) que em sua defesa alegaram tê-lo confundido com um mendigo (se fosse um mendigo então tudo bem....). Praticamente nada aconteceu a esses jovens, pelo simples fato de terem dinheiro e hoje eles são doutores respeitados onde residem.
Pouquíssimas pessoas se lembram desse fato, pelo simples fato de os indios terem apenas um dia para serem lembrados, o que aconteceu com esses jovens não foi um fato isolado, hoje o governo federal tenta queimar algumas centenas de Galdinos, pois sem as devidas análises prévias, tenta construir uma usina hidrelétrica em Belo Monte no rio Xingu de onde, muitos desses Galdinos tiram seu sustento. A idéia é de que continuará havendo água para esses índios, porém todos nós sabemos que na primeira seca (o que não é incomum naquela região) as comportas serão fechadas e a comunidade indígena ficara jogada a sorte. É sempre a mesma história de sacrificar alguns pelo benefício de muitos... Os muitos não sabemos quem são, mas os sacrificados certamente serão os índios de Belo Monte.
Feliz dia do índio!!!

...Quem me dera ao menos uma vez que o mais simples fosse visto como o mais importante, mas nos deram espelhos e vimos um mundo doente... (Indios, Legião Urbana)

BeijUnda e até a próxima.

sábado, 16 de abril de 2011

Loucura, Loucura, Loucura...

(caricatura retirada do site http://www.pointx.com.br/eronmania/caricaturas.htm e utilizada em uma montagem totalmente porca feita por mim)

Olá Crianças,

Estou em casa assistindo Soletrando do Caldeirão do Huck por pura falta de opção (assistir TV em um sábado à tarde é totalmente deprimente, pois nem a TV aberta nem a TV a cabo oferece nada de bom), e falta de opção é algo interessante, por que acabamos aceitando coisas que jamais aceitaríamos em outras situações, vide Tiririca (eu sei que pego demais no pé dele, mas não me conformei ainda), Collor, FHC, Lula e Dilma.
Nas primeiras eleições diretas para presidente (aquela que o Collor ganhou), tivemos varios candidatos, eu ainda não votava, mas me lembro de alguns deles, como o Ulysses Guimarães (não esqueço por causa da musiquinha: Bote fé no velhinho que o velhinho é demais...), Afif (Juntos chegaremos lá...), Lula (Lula-lá, brilha uma estrela...), Collor (vamos colorir...), enfim, um show de grandes composições, praticamente um Rock in Rio eleitoral, sem contar com a estréia triunfal de Enéas Carneiro (meu nome é ENÉAS).

Lembro que via as pesquisas e o Collor esteve na frente quase todo o período, com exceção de quando Silvio Santos resolveu participar da campanha, apesar de nenhuma experiência política Silvio Santos assumiu a dianteira das pesquisas no momento em que se lançou candidato, pelo simples apelo popular que possuia e se sua candidatura não fosse impugnada (por irregularidades em seu partido o PMB), certamente seria eleito em primeiro turno. Se seria ou não um bom presidente não tenho como dizer, os americanos passaram por situação semelhante com a eleição de Ronald Reagan (que era ator, porém antes de presidente foi governador da Califórnia, assim como Schwarzenegger).
Essa semana o apresentador Luciano anunciou seu desejo de ser presidente do Brasil, não agora, mas talvez em 10 anos e um amigo meu perguntou-me se eu votaria nele, automáticamente respondi que votaria, pois ele tem alguns trabalhos comunitários e parece ser uma pessoa de bem... hoje assistindo seu programa pensei bem no que havia dito e como uma pedra a razão bateu em minha consciencia, que loucura eu disse... votar em um sujeito pelo simples fato de parecer uma boa pessoa e fazer alguns trabalhos voluntários? dessa forma eu poderia eleger até um traficante.
Infelizmente o Brasil está (assim como sempre foi) tão carente de bons administradores, bons políticos que o povo acaba abraçando o primeiro "bom sujeito" que aparece, e me pergunto, até quando seremos reféns dessa situação? até quando ficaremos satisfeitos com qualquer coisa?
Enfim, desliguei a TV e vou ler um pouco... viva Dostoiévski!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Mãos ao alto!


Olá Crianças,

Após o massacre cruel e covarde de Realengo, um assunto que voltou à pauta foi a liberação ou não de armas de fogo para a população, foi feito um plebiscito em 2005 para definir se a população era a favor ou não do comércio de armas de fogo.
Segundo o Estadão, foi gasto pelo TSE R$ 252 Milhões, sem contar gastos com campanhas contra e a favor. O presidente do nosso Senado, José Sarney, disse que a opinião pública muda, mas será que muda tão rápido assim? ou estão se aproveitando de um fato para manipular o povo da maneira como acham conveniente?
Eu nunca usei uma arma de fogo, eu nunca peguei em uma arma de fogo, acho que o único contato que tive com armas de fogo, foram duas vezes em que fui assaltado, sendo que em uma delas o assaltante sequer me mostrou a arma, ele simplesmente colocou a mão na cintura e eu entreguei o dinheiro (provavelmente era uma carteira ou um estojo que fazia o volume, o fato é que nunca terei certeza). Porém sou totalmente contra a proibição do comércio de armas e vou explicar o porque.
Os sujeitos que me assaltaram (pra falar a verdade, eu acho que só um deles tinha uma arma realmente), eu tenho total certeza, de que não adquiriram suas armas por meios legais, os traficantes dos morros do Rio de Janeiro, não conseguiram seu armamento através de meios legais (alguns inclusive são provenientes de exército e polícia, como já foi mostrado em diversas reportagens) e o assassino Wellington Menezes de Oliveira não conseguiu suas armas através de meios legais. Quem acha que sujeitos como esses devolveriam suas armas, ou abriram mão de utilizar essas armas é bastante ingênuo, assim como quem acha que o tráfico ilegal de armas irá diminuir.
Assim como nunca tive uma arma, não quero ter, porém eu quero ter o benefício da dúvida, pois uma vez aprovado o plebiscito ou referendo (não sei qual será o sistema), todo bandido saberá que pode entrar tranquilamente em qualquer residência que não haverá risco de resistência. Os bandidos continuarão armados.
Outro ponto que me deixa no mínimo curioso é a urgência com que estão querendo votar este plebiscito (estão prevendo a votação para 2 de Outubro deste ano ainda), sendo que temos outro assunto sendo votado na câmara que quase não é informado para a população e imagino ser bem mais urgente e bem mais interessante para um plebiscito que é a REFORMA POLÍTICA.
Vocês sabiam que uma das propostas para essa reforma política é o fim do voto direto? Nós não votaríamos mais em um candidato, mas sim em uma lista, uma espécie de legenda política onde votaríamos em um pacotão de candidatos e o partido escolheria qual deles governaria (é como comprar um pacote de papel higiênico, só que nesse pacote, ao invés de serem todos macios, com três folhas e picotados, existem alguns parecidos com lixa de serralheiro), por que não é feito um plebiscito sobre isso? POR PURA CONVENIÊNCIA. Eu não consigo ver outra resposta para este plebiscito sobre as armas além da mudança de foco, o povo já escolheu sobre isso, temos outros assuntos que gostaríamos de opinar (em algo que não é constitucional, pois a segundo a lei o voto DEVE ser direto), porém quem somos nós para questionar algo resolvido por nossos ilustres senadores e deputados? Nossa única função nessa zona toda é pagar a conta da cafetina...

BeijUnda e até a próxima.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Herrar é Umano


Olá Crianças,
Semana passada estava procurando um lugar para estacionar no shopping e para variar estava lotado, enquanto procurava a tão sonhada vaga vi um carro parando em uma vaga de deficientes, como não tinha para onde ir (estava parado no trânsito dentro do estacionamento do shopping, era quase uma Radial Leste), fiquei observando o carro. Para minha surpresa saiu um casal de namorados (imaginei que fossem namorados pelo local onde se encontrava a mão do rapaz) que aparentemente não tinham mais que 30 anos de idade.
Sinceramente a minha vontade foi de jogar o carro em cima deles e dessa forma transformá-los em pessoas honestas.
Mas afinal de contas, o que é honestidade?
Segundo o dicionário on-line, honestidade é: “qualidade de honesto, honradez, probidade, decoro, castidade, pudor, recato”, em seguida fui pesquisar decoro (que teoricamente é um sinônimo) e encontrei: “dignidade, moral, nobreza, respeito de si mesmo e dos outros”.
A última definição foi o que mais me chamou a atenção, respeito de si mesmo e dos outros, ao ler esta definição, lembrei-me de um episódio da minha infância.
Quando eu tinha 12 anos de idade, a maior febre entre os garotos eram os Fliperamas. Todo garoto que se prezasse era bom em algum jogo, o meu jogo era o Golden Axe, onde um Anão, uma Amazona e um Guerreiro lutavam contra todo o tipo de criatura (Caveiras, dragões, magos, guerreiros, etc) para salvar o Rei e a Rainha de seja lá qual for a terra deles. Eu realmente era muito bom nesse jogo, porém havia um problema, minha mãe, assim como todas as mães do bairro, detestavam os fliperamas porque, segundo elas, eram pontos de drogas (o que provavelmente era uma verdade); sendo assim ela nunca me dava dinheiro para que eu mostrasse o meu “talento” ao mundo .
Eu precisava de outras formas de conseguir o dinheiro, guardava alguns trocados que ganhava de meus pais, consegui alguns empreguinhos vendendo material de limpeza, mas o dinheiro mal dava para uma ficha. Certa vez minha mãe pediu para que eu fosse comprar pães, então tive a brilhante idéia de pegar os pães e sair sem pagar, porém como eu nunca havia roubado nada, não sabia muito bem como proceder. Me planejei como se fosse roubar o Banco Central, passei pela frente da padaria pelo menos 10 vezes para observar o movimento, prestei atenção nos horários em que o caixa da padaria não estava tão atento ao movimento e fui colocar em prática o meu plano malígno.
Pedi os pães, me dirigi ao caixa e quando estava próximo, saí em disparada para minha fuga gloriosa. O problema que eu não contava era que um vizinho meu, meio gordinho havia me seguido até a padaria (sabe-se lá para que), e no momento da fuga o infeliz foi pego pelo dono da padaria. Nesse momento eu imaginava que tudo havia corrido muito bem, levei o pão em casa e corri em direção a glória (em busca de um novo recorde).
Mais tarde, ao chegar em casa, minha mãe me aguardava com um cinto na mão, ao ver aquilo eu tinha certeza que ela havia descoberto tudo, eu só não sabia como, porém enquanto a cobra fumava, em meio a meus gritos de “Chega mãe, pelamordedeus” ela me contava da vergonha que havia passado, com a visita do dono da padaria, e pior ainda (segundo ela), o pobre do J... que não tinha nada a ver com a história quase foi preso pelo meu crime (ela costumava exagerar um pouco), foi assim que descobri como ela havia descoberto.
Como se não bastasse a surra, ela me levou até a padaria, com o dinheiro para pagar o pão, fez com que eu pagasse ao caixa e me desculpasse com praticamente todos os funcionários da padaria. Agora vocês imaginem o dia seguinte quando fui comprar pão...
Agora vocês devem se perguntar qual a relação entre o falso deficiente e o pão?
A ATITUDE! A vontade de levar vantagem, mesmo que outros sejam prejudicados, essa vontade que faz com que alguns de nós pague um “café”, para escapar de uma multa, que faz com que alguns de nós fique calado ao receber mais do que deveríamos no troco, ou nos faz mentir para burlar o imposto de renda.
Sei que parece bobagem, mas as mesmas pessoas que tem este tipo de atitude são as que reclamam da corrupção no governo, mas provavelmente fariam a mesma coisa se estivessem no poder.
Enfim, acho que falta um pouco mais de cinto, para que esse país realmente seja sério... pergunte se eu roubei novamente.........

BeijUnda e até a próxima!

sábado, 9 de abril de 2011

O dia em que eu virei um NET...

Olá Crianças,
Hoje vi uma propaganda, onde a NET dizia que seus clientes eram tratados a “pão de ló”, confesso a vocês que me senti um NET de segunda classe.
Acontece que tenho NET desde que morava em Maceió, não escolhi a NET por ser o melhor serviço de internet e TV a cabo da cidade, mas por ser o único disponível que englobava os dois serviços. Não tive problemas com a NET, até realmente precisar de atendimento deles.
Quando estava prestes a me mudar de Maceió para Curitiba, entramos em contato com o atendimento da NET para verificar se havia alguma forma de transferir nossa conta de uma cidade para outra (especificamos bem que nos mudaríamos de Maceió para Curitiba), a atendente bastante atenciosa disse não haver problemas, e informou que poderíamos ligar dois dias antes de nossa viagem que seria feito um cancelamento temporário da conta e em seguida era só pedir a reativação e não haveriam dificuldades.
Fiquei muito feliz em saber da facilidade e não me preocupei mais, dois dias antes da viagem, ligamos para pedir o cancelamento temporário, e a atendente disse haver um engano nas informações e este cancelamento temporário poderia ser feito apenas entre cidades do mesmo estado, fiquei um pouco irritado, mas no final das contas acabei aceitando pagar uma multa (não foi tão tranqüilo assim), e cancelar definitivamente os serviços da NET.
Ao chegar em Curitiba, ainda revoltado com a NET resolvi procurar outro serviço de TV a cabo e Internet, porém acabei ficando preso novamente à NET, dessa vez pelos valores.
Imaginei que não haveriam novos problemas, uma vez que não pretendia mudar novamente minha residência, grande engano!
Marcaram comigo de instalar a NET duas semanas após o fechamento do contrato, porém passaram-se duas... três... quatro semanas e nada, nesse período liguei algumas vezes e disseram que não haviam encontrado minha casa (que fica em uma região próxima de quase todos os bancos da cidade e alguns bons pontos de referência, que foram todos dados à empresa para não haverem enganos), cansado de esperar , resolvi tomar vergonha na cara e pagar um pouco mais por um serviço eficaz, ao ligar para a empresa para dizer que não queria mais seus serviços, de maneira miraculosa, me informaram que estava agendada para este mesmo dia a instalação (que coincidência), poucas horas depois um atendente me ligou dizendo que estava em casa para a instalação, saí do trabalho e corri até minha casa antes que o atendente fosse embora.
O rapaz foi bastante eficiente e instalou rapidamente, depois disso não tive mais problemas (pois não precisei de nada diferente).  Um pouco antes do carnaval um representante da NET me ligou oferecendo um pacote de ligações, canais e aumento da banda larga, achei interessante e acabei aceitando. Como estávamos próximos do carnaval ele falou que poderia ser instalado na sexta feira antes do carnaval, então como estava extremamente ansioso pela TV com alta definição, adiei em um dia minha viagem para aguardar, como nesse dia estava um pouco doente (pra falar a verdade estava muito mal, praticamente um rei... não saia do trono), resolvi ligar para saber em qual horário chegariam os técnicos e para minha surpresa, disseram que realmente eu havia comprado este serviço mas não havia data programada para a instalação (COMO ASSIM???), um pouco chateado (pra ser sincero eu estava P.. da vida), remarquei a instalação e desencanei, resumindo, até hoje espero a instalação de meus novos serviços, pois a NET é como a Justiça, tarda mais não falha (não sei se isso é bem verdade, tanto com a NET como com a Justiça).
Enfim, como não sei mesmo o que é pão de ló, então Skavuska!!!

BeijUnda e até a próxima!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Velho Molusco, o Intrometido!

Olá Crianças,
Na semana passada alguns palhaços vieram para a empresa em que trabalho para fazerem uma apresentação motivacional, foi muito bacana, gostei da iniciativa da empresa e da criatividade dos artistas, me lembrei de quando era criança e das poucas vezes que fui ao circo. Ri bastante. O momento em que mais dei risadas foi logo no começo da apresentação, no momento em que os palhaços entraram e pediram aplausos para a platéia, dizendo que dessa forma, aqueles que ainda não haviam vindo assistir  ficariam interessados, pois como todos estavam aplaudindo a apresentação achariam que estaria muito boa.
Nosso ex-presidente é mais ou menos assim passou 8 anos no mandato exatamente igual cavalo em 7 de setembro, cagando, andando e sendo aplaudido. Criou um programa de distribuição de esmolas e com isso sua popularidade foi para as estrelas, fez alianças com líderes políticos que, nenhum líder de uma grande nação como o Brasil, em seu juízo perfeito sequer almoçaria na mesma mesa. Entre estes temos figuras emblemáticas como o presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad (o cara que disse que o Holocausto foi uma mentira) e o Evo Morales (O índio louco que roubou a Petrobrás), sem contar o Chavez (não o amigo do Quico, o outro).
Agora uma das relações do velho molusco veio a tona novamente, devido uma declaração que foi publicada no site do Estadão essa manhã http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fwww.estadao.com.br%2Fnoticias%2Finternacional%2Clula-se-oferece-para-negociar-fim-do-conflito-na-libia%2C702903%2C0.htm&h=7a9d3 onde ele se oferece para intermediar as negociações de paz na Libia. Realmente o cara é um brincalhão!!! Em 2009 ele chamou Kadafi de Amigo e Irmão, e hoje ele se oferece para lutar contra ele? Ou ele é um estrategista muito bom e está usando isso para ajudar o grande amigo, ou ele é um tremendo traidor e vai “furar os olhos” do amigo, independente da situação ele certamente não é muito amigo da verdade. O que mais me chamou a atenção é que ele afirmou ao repórter que dizer uma coisa dessas era uma sandice, talvez ele não tenha idéia do que signifique essa palavra (o que eu não duvido muito), mas após essa afirmação eu fui pesquisar se ele realmente havia tido relações com o Kadafi e encontrei no site do Globo a seguinte matéria de fevereiro deste ano: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2011/02/21/lula-se-reuniu-quatro-vezes-com-amigo-irmao-kadafi-923853313.asp
Infelizmente parece que não podemos confiar muito naquele que para muitos é um “Herói” da democracia brasileira, ainda bem que não tem mais o poder de se meter nisso (pelo menos eu acho).
Lula, de boa, aproveita sua aposentadoria e vai pescar!!!

BeijUnda e até a próxima!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Amor e Revolução




Olá crianças,

Nunca fui muito fã de novelas, pra falar a verdade não gosto nem um pouco, acredito que a última que realmente acompanhei foi “que rei sou eu?” que foi exibida pela rede globo em 1989, na época eu tinha 11 anos de idade e adorava as disputas de esgrima que eram exibidas na novela. Porém ontem foi ao ar o primeiro capítulo (imagino que seja o primeiro, pelo menos foi o primeiro que eu vi) da novela Amor e Revolução no SBT, e ao passar pelos canais vi algumas cenas, achei interessante e acabei assistindo até o final.
Fiquei realmente impressionado pelo qualidade da produção, principalmente por não tratar de temas fúteis, mas por tratar um momento crucial na história de nosso país: a Ditadura Militar. Infelizmente este tema é pouco explorado pela dramaturgia (me lembro do filme “o que é isso companheiro”, baseado no livro de Fernando Gabeira, e uma série na Globo que não me lembro o nome) e de forma inconsciente, acabamos esquecendo ou “deixando pra lá”, tudo o que se passou.
Confesso que fiquei um pouco decepcionado com a qualidade da atuação dos personagens de Graziella Schmitt e Cláudio Lins (que aparentemente são os personagens principais da trama), é bastante superficial, um pouco pior que a atuação dos personagens do seriado Chaves (também exibido pelo SBT), porém os demais atores aparentam ser mais consistentes.
Outro ponto alto da trama é sua trilha sonora composta por clássicos da MPB como Roda Viva de Chico Buarque, Gita de Raul Seixas ou Preciso aprender a ser só de Elis Regina.
Ao final do capítulo, uma pessoa que sofreu as perseguições e torturas da ditadura dá um depoimento sobre a época (confesso que me emocionei com o depoimento de ontem, onde uma mulher contava sobre seu marido assassinado e seus filhos que foram retirados dela e levados por um delegado que, de tempos em tempos, levavam eles para que vissem sua mãe nua e espancada).
Enfim, não tenho muito a dizer além de parabéns ao SBT pela iniciativa, e recomendar aos meus amigos (provavelmente dois ou três que lêem esse blog).
É exibida às 22:15 (imagino que de segunda à sexta).
De qualquer forma, mesmo que não assistam, recomendo que leiam algo a respeito desse período, é importantíssimo lembrar dessa época para que não seja permitido acontecer novamente.
Hoje corre uma grande discussão em torno da Comissão da Verdade, que basicamente seria uma comissão para averiguar os crimes contra os direitos humanos ocorridos na época do regime militar, algumas pessoas (provavelmente envolvidos) lutam com afinco para que essa comissão não seja instaurada, torço realmente para que a Presidente possa colocar em prática essa comissão, pois além de identificar os verdadeiros criminosos da época, teremos uma visão mais clara do que foi realmente esse período.

BeijUnda e até a próxima.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Pior que tá não fica... será???

Olá crianças

Sexta feira passada foi dia primeiro de abril, conhecido como o dia da mentira e resolvi pregar uma peça em meus amigos, postei no facebook uma mensagem de despedida, dizendo que estava partindo para a Lituânia, iria morar na belíssima cidade de Vilnius. Escolhi a Lituânia, por que havia acabado de conversar com uma pessoa de lá que conheço apenas via facebook, as únicas coisas que sei sobre a Lituânia é que fica perto da Polônia e que sua capital é Vilnius, procurei uma foto da cidade na internet e coloquei como foto de meu perfil, pronto a brincadeira estava pronta.
Imaginava que receberia algumas mensagens de pessoas decepcionadas com minha partida (algumas talvez fingindo decepção), e mensagem de grande parte de meus amigos, entendendo ser uma brincadeira, me xingando ou enviando alguma piada a respeito.
Para minha surpresa, poucos minutos depois do post, recebi vários e-mails de pessoas me dando os parabéns pela conquista, aí eu pensei, CONQUISTA??? O que deve ter em Vilnius além de frio? Mais frio??
Fui pesquisar algo a respeito da Lituânia, e descobri que logo após seu ingresso na União Européia, foi o país que teve o maior crescimento dentre os países candidatos a ingressar, descobri que existem prédios de uma arquitetura fantástica, descobri também que o desemprego caiu 10% desde sua entrada na União Européia, porém os analistas creditam essa queda no índice de desemprego à migração dos Lituanos para outros países da União Européia. Agora sem menosprezar o país (que após ver algumas fotos, imagino que seja realmente fantástico), se nem os lituanos querem ficar por lá, por que eu iria querer?
Cheguei a conclusão que assim como eu, a maioria dos meus amigos não tinham a mínima idéia de como era a Lituânia, então por que ficaram felizes com isso (será que eles só queriam se livrar de mim?), alguns chegaram a perguntar se haviam mais oportunidades. Eles enxergaram a vantagem na saída do Brasil e não na ida para a Lituânia.
O povo brasileiro está cada vez mais desiludido com o país, desiludido ao ponto que qualquer oportunidade fora soa como uma grande vitória, quase como um prêmio nobel.
Por que o Brasil é tão ruim assim? Comecei a pensar comigo e dando uma olhada nos sites de notícias encontro a seguinte manchete: “TIRIRICA CONTRATA HUMORISTAS COMO ASSESSORES POLÍTICOS”, esses assessores ganhariam 8 mil mensais (tudo bem, são palhaços e devem ter muita experiência política), hoje ao ler as notícias vejo a seguinte notícia: “TIRIRICA JÁ PAGA RESORT COM DINHEIRO PÚBLICO” (veja notícias abaixo)
Então começo a entender por que toda essa desilusão com o país, mas o problema maior é que nesse circo os verdadeiros palhaços somos nós que colocamos pessoas assim no poder. Ninguém pode questionar as atitudes do Tiririca, pois quando candidato ele falou que faria exatamente isso, ou vocês não lembram da campanha onde ele dizia que iria ajudar os mais pobres, começando pela sua própria família.
Aaahhhhhh, mas votaram no Tiririca como forma de protesto, FORMA DE PROTESTO??? CONTRA QUEM??? CONTRA O PRÓPRIO POVO???
Não importa quem esteja no poder, infelizmente a característica do povo brasileiro é essa, e não importa quem esteja no poder, com raras exceções, o sujeito se tornará exatamente igual, por que o brasileiro utiliza o famoso “Jeitinho brasileiro”, como forma de disfarçar tudo o que não presta em nossas características, a nossa corrupção, os nossos atrasos, a nossa desonestidade, enfim o nosso brasileirismo.
Não adianta mudarmos para a Lituânia, a única coisa que pode acontecer é a transformação da Lituânia em um novo distrito brasileiro.



BeijUnda e até a próxima.